Anseio...



Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas
ao mesmo tempo.
Anseio com uma angústia 
de fome de carne
o que não sei que seja - 
Definidamente pelo indefinido...
Durmo irrequieto,
e vivo num sonhar irrequieto
De quem dorme irrequieto,
metade a sonhar.


Álvaro de Campos

2 comentários:

Antonio saramago disse...

remodelação e sempre coisinhas boas!!!

Pedro disse...

Para além do real, o imaginário de uma mente brilhante.

Espíritos Leitores

Sons